Arquivo mensal: outubro 2006

chinelagem à vista, de novo!

Padrão

renascendo das cinzas, de volta ao mundo virtual… diretamente do sertão paulista, para saber de mais uma sacanagem explícita da mídia brazileira: A Veja se apropriou indevidamente do meio de comunicação do Santiago, baita chinelagem!!!! já diz a lele.

Diz o Santiago: “Dois dias antes da eleição (segundo turno) recebi um telefonema de um funcionário da redação da revista “Veja” pedindo autorização para usar este desenho.

Respondi que não autorizava pois não concordava com a linha editorial da revista. Repeti que não gostaria de ver trabalho meu nesse momento histórico nas páginas dessa publicação.

Pois no sábado fui à banca, abri a revista e lá estava a minha charge publicada na página de apresentação da edição.

Mais do que usar um trabalho sem autorização “Veja” usou um trabalho que havia sido verbalmente DESAUTORIZADO pelo autor.

Um belo exemplo da arrogância da grande imprensa.”

Santiago (desenhista de humor)”.

esse desenho é do Santiago:

Desenho que não era para ser publicado na Veja!

Anúncios

encontro no quintal…

Padrão

voltando às atividades virtuais, depois de semanas sem postar por falta de tempo e concentração, agora, vamos atualizar nossas atividades…. o espaço está se abrindo para atividades educacionais_culturais, como por exemplo: música_educação_alfabetização_ações afins, etc…. já que tudo isso tem a mesma essência e urgência. Além de planejarmos como serão os próximos meses…

Hoje, recebemos para um bate-papo educacional_musical_histórico-social, o pessoal da Coefe, Cooperativa de Ensino Ferreirente… a turma que irá ingressar no 1o ano de 2o Grau, para uma conversa contextualizada a partir das décadas de 20,30 e 40. Além de sentir o som das vitrolas, que tocaram LPs e 78 rotações (aqueles que rodam 78 voltas por minuto) sob a sombra generosa das jaboticabeiras, amoreira e mangueira… vamos acompanhar as imagens, quase como um documentário do nosso encontro_aula_bate-papo….

Ah, essa conversa toda foi coordenada pelo Miguel Bragioni, 23, pesquisador e músico ferreirense que também é o idealizador desse Museu Vivo de Imagem e Som, o MUVIS.

as imagens….

preparando o clima do encontro….

vendo o acervo….

o bate-papo…

miguel10.jpg

miguel11.jpg

miguel12.jpg

miguel14.jpg

miguel16.jpg

miguel18.jpg

miguel19.jpg

miguel21.jpg

miguel22.jpg

miguel23.jpg

miguel24.jpg

miguel26.jpg

miguel28.jpg

miguel29.jpg

miguel30.jpg

miguel31.jpg